Liberando Acesso o X remotamente

Este artigo tem o intuito de auxiliar uma etapa de acesso a um servidor X remoto num servidor linux com distribuição debian.
A idéia:
- Poder carregar um terminal X de uma outra máquina(servidor) e exercer tarefas e ultilizar os recursos do servidor
a partir de uma máquina simples (desktop) com um linux instalado.

Introdução:

Distribuições baseadas em debian, vem na maioria das vezes por padrão com a opção de acesso ao X remoto desabilitada. Iremos habilita-lá e setar parametros de acesso aos hots de dentro da rede.
Por final carregaremos o X (kde, kdm) do servidor em uma outra máquina da rede.

Arquivos de configuração:

São 2 os principais arquivos para disponibilizar este recurso em um servidor com Debian instalado:
- /etc/kde3/kdm/Xaccess -> Neste liberamos o acesso ao X vindo de outras máquinas da rede
- /etc/kde3/kdm/kdmrc -> Este é o arquivo onde configuramos o recurso.

Dentro do arquivo “Xaccess“, descomente a linha:

# * #any host can get a login window

Basta retirar a tralha (#), fazendo com que o asterisco seja o primeiro caractere. Esta linha faz com que o servidor passe a aceitar conexões de todos os hosts da rede. Caso você prefira limitar o acesso a apenas alguns endereços (mais seguro), basta substituir o asterisco pelos endereços desejados.

Um pouco mais abaixo, no mesmo arquivo, descomente também a linha abaixo, novamente retirando a tralha:

# * CHOOSER BROADCAST #any indirect host can get a chooser

Esta linha é opcional. O Chooser Broadcast permite que os clientes contatem o servidor para obter uma lista de todos os servidores XDM disponíveis na rede (você pode ter mais de um, como veremos a seguir). Isto é feito usando o comando “X -indirect“.

Em seguida, edite também o arquivo kdmrc. Quase no final do arquivo você encontrará a linha:

[Xdmcp]
Enable=false

Basta alterá-la para:

[Xdmcp]
Enable=true



A partir daí, os terminais já poderão abrir a tela de login do servidor através do comando “X -query IP_do_servidor“, como em:

# X -query 192.168.0.1

O comando deve ser dado com o terminal em modo texto. Se o cliente já estiver com uma seção do X aberta, ou você desejar abrir mais de uma tela do servidor ao mesmo tempo, basta adicionar o parâmetro “:2″, como em:

# X :2 -query 192.168.0.1

O comando que abrirá um segundo terminal gráfico, independente do primeiro, exibindo a tela de login do servidor. Você pode alternar entre os dois usando as teclas Ctrl+Alt+F7 e Ctrl+Alt+F8. Para abrir mais terminais, basta substituir o “:2″ por um número de 3 em diante.

Para automatizar o processo, fazendo com que o terminal abra automaticamente a tela de login do servidor no final do boot, sem passar pelo login local e sem a necessidade de digitar este comando a cada boot, edite o arquivo “/etc/inittab” (no terminal, como root) e altere a linha “x:5:respawn:/etc/X11/prefdm -nodaemon“, que estará no final do arquivo para “x:5:respawn:/etc/X11/X -query IP_do_servidor”, como em:

x:5:respawn:/etc/X11/X -query 192.168.0.1

Uma segunda opção é utilizar o comando “X -broadcast” em substituição ao “X –query”. A diferença é que enquanto o X -query exige que você especifique o endereço IP do servidor, o X -broadcast é automático, ele se encarrega de emitir um pacote de broadcast na rede e contatar o primeiro servidor X que responder ao chamado. O “X -broadcast” é sempre usado sem argumentos, como em:.

# X :2 -broadcast

Mais Informações você pode obter no link(fonte):

http://www.guiadohardware.net/tutoriais/114/

Rua Anita Chequer, 81
Viçosa - MG
Cep: 36570-000
(31) 97123-8142(Vivo)
(31) 98822-8020(Oi)
Endereço:
desenvoltec@gmail.com
http://www.facebook.com.br/desenvoltec
Cnpj: 18.082.720/0001-09
Crea: 43453TD
Responsável: Marcelo Santana


Ligue:
Contato:
#!desenvoltecTi